O Sistema de numeração decimal é um conjunto de símbolos matemáticos, que representam valores numerários agrupados em dez unidades.

Este é o sistema que normalmente utilizamos para efetuar contagens numéricas e operações matemáticas, pois os símbolos que formam este sistema possuem agrupamentos feitos de dez em dez unidades.

Estes símbolos são chamados de algarismos, que são utilizados para formar os numerais. Os algarismos utilizados são: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9.

Os algarismos são ordenados de diferentes maneiras, formam números de qualquer classe e ordem e, dependendo da posição que ocupam, podem representar valores distintos.

Neste sentido, é possível dizer que o sistema de numeração decimal é posicional. Por exemplo, o algarismo 2 nos números 24 e 42 tem valores diferentes, pois no número 24 ele representa o valor correspondente a duas dezenas e no número 42 ele corresponde o valor de duas unidades.

Como funciona o sistema decimal?

O princípio fundamental do sistema decimal é o de que dez unidades de uma ordem qualquer formam um número de ordem automaticamente superior.

Depois das ordens, as unidades constitutivas dos números são agrupadas em classes, onde cada classe possui três ordens de denominação especial.

Classes e ordens do sistema de numeração decimal

A primeira classe é a das unidades, formada pelas ordens das centenas, das dezenas e das próprias unidades. A ordem das unidades, nesta classe, é representada pelos números de 1 a 9.

Já a ordem das dezenas correspondem aos números 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80 e 90, sendo cada um destes números dez vezes o número correspondente na ordem anterior. A ordem das centenas corresponde aos números de vão de uma a nove centenas, onde cada um deles é cem vezes o correspondente na ordem anterior.

A segunda classe é a dos milhares, que inclui a quarta, quinta e sexta ordens, que respectivamente são as unidades de milhar, dezenas de milhar e centenas de milhar e seus nomes correspondem aos mesmos da primeira classe, seguidos de milhares. Ex: 2000 (dois mil), 150.000 (cento e cinquenta mil), etc.

A terceira classe é a dos milhões, que segue os mesmos padrões da classe dos milhares para as ordens. E a partir desta, as classes seguem ordinalmente: quarta classe (bilhões), quinta classe (trilhões), sexta classe (quatrilhões), etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Por favor insira um endereço de email válido.

Menu