Desde que o uso dos e-mails começou a se tornar mais popular, algumas pessoas mais espertas começaram a usar esse recurso para enviar propagandas e formas de enganar as pessoas.

Esses e-mails indesejados receberam o nome de Spam e é exatamente sobre isso que iremos falar neste artigo.

O que é o Anti-SPAM?

Spam é uma abreviação do termo inglês “Spiced Ham”, que significa literalmente “presunto temperado”.

Nos Estados Unidos e na Inglaterra, o spam é vendido como um apresuntado em lata conservado em azeite temperado.

Na década de 70, o grupo de humor inglês Monty Python fez uma esquete na qual  mostrava um restaurante que servia todos os seus pratos com esse apresuntado temperado, o spam, enquanto vikings irritavam não só os clientes mas a dona do restaurante cantando “Spam, spam, spam, lovely spam, wonderful spam!” o tempo todo.

Na década de 80, os primeiros programadores, inspirados nesse quadro do Monty Python, chamaram  esses e-mails recebidos contra a sua vontade de “spams”  por serem sinônimo de algo chato, indesejado, empurrado contra a sua vontade. E, enquanto os e-mails de spam começaram a se proliferar, os provedores de acesso começaram a desenvolver maneiras de filtrá-los  e bloqueá-los, conhecidas  como sistemas anti-spam.

Como funciona os Filtros de Proteção Anti-Spam ?

Quem usa e-mails  já viu algo assim. Dependendo do serviço de e-mail usado, a proteção anti-spam pode ser apresentada de maneiras diferentes.

A maioria dos serviços de webmail, ou seja,  os e-mails profissionais que você lê e usa diretamente de sites e provedores na internet usando o seu navegador favorito como o Gmail ou o Yahoo!Mail, separam as mensagens eletrônicas identificadas como spam em uma pasta exclusiva.

Esses e-mails não passam nem pela caixa de entrada, sendo filtradas diretamente para a caixa de  Spam.

Os serviços de e-mail POP3, ou aqueles que você recebe no seu computador através de um programa como o Outlook ou o Thunderbird, muitas vezes modificam o assunto do e-mail e adicionam alguma tag como [SPAM] ou *****SPAM***** para que você mesmo possa identificá-los.

Os serviços de E-mail Profissional da Hostec também faz esse tipo de ação!

Como funcionam os filtros de SPAM?

Com o passar do tempo, esses filtros têm ficado cada vez mais eficientes, separando de forma mais precisa as correspondências eletrônicas indesejadas.

Eles funcionam basicamente através de um conjunto de regras que separam os e-mails em desejados e indesejados.

Os e-mails desejados são enviados para a caixa de entrada e os indesejados são marcados como Spam.

Algumas vezes, os provedores nem mesmo enviam para sua pasta de Spam esses e-mails, bloqueando-os diretamente no sistema do provedor.

Essas regras são indicações de como o e-mail desejado deve ser e como geralmente os e-mails indesejados são.

As regras mais comuns incluem filtro de endereço ou servidor de e-mail, filtro de IP, filtro de palavras e filtro de links.

Filtro de Endereços ou Servidor de E-mail – Ao enviar um spam, o spammer, ou alguém que envia spam, precisa enviá-lo a partir de um endereço de e-mail registrado em alguma conta ou servidor.

 Muitos desses spammers criam seus próprios serviços de envio de spam, então fica fácil para os filtros identificarem endereços ou servidores de e-mail que sempre enviam e-mails identificados como Spam pelos usuários.

Filtro de IP – Sempre que um determinado e-mail é identificado como spam, o provedor de e-mail marca aquele endereço de IP de quem enviou como sendo de um spammer.

 Assim fica mais fácil identificar spam, não necessariamente pelo endereço de e-mail, que pode ser clonado, mas pelo endereço de IP que é muito mais preciso.

Filtro de Palavras – A grande maioria dos spams vêm com determinadas palavras-chave, para chamarem a atenção do usuário para algum serviço ou venda online.

Todo servidor de e-mail atualmente vem com um filtro que faz uma varredura preliminar no conteúdo do e-mail que você recebe em busca dessas palavras, que geralmente são “Viagra”, “Cialis” ou algo relacionado à venda de remédios online ou práticas ilícitas.

Os filtros também reconhecem mensagens escritas somente com letras maiúsculas ou escritas com palavras e caracteres aleatórios e as separam como Spam.

Filtro de Links – Um dos principais objetivos do spam é levá-lo a algum outro site onde ele pode vender algo a você ou pode roubar alguma informação sua através de um sistema de phishing ou instalação de vírus na sua máquina.

Vários desses sites já são conhecidos e sua lista cresce a cada dia. Caso um e-mail tenha algum link que leve a alguma dessas páginas, o filtro bloqueia automaticamente.

Spam e Ham: emails indesejados que são desejados e vice-versa

Muitas vezes os filtros anti-spam funcionam tão bem que eles chegam a filtrar até e-mails que não são spam, portanto  desejados.

Esses e-mails receberam carinhosamente o nome de Ham, ou “presunto”, para diferenciá-los dos spams, os apresuntados enlatados que ninguém gosta.

Quando isso acontece é possível criar uma regra para separar os hams dos spams, criando a chamada Lista Branca, ou lista de e-mails permitidos.

A Lista Negra é uma lista de e-mails ou endereços reconhecidos por você como Spam que ainda não foram identificados por seu provedor de e-mails.

Tanto as Listas Brancas quanto as Listas Negras são regras adicionais, servindo principalmente à sua caixa de e-mail, ao invés de servirem para o sistema todo de e-mail de seu provedor.

Na sua Lista Negra, você pode cadastrar endereços de spamers conhecidos, provedores de e-mail de spam, ou ainda incluir palavras chave não filtradas pelo servidor, mas que você reconhece como sendo spam.

Na sua Lista Branca, você pode adicionar regras para endereços de amigos ou provedores de e-mails conhecidos seus (como o site de sua empresa, por exemplo) ou palavras chave que servem como filtro para separar, por exemplo, e-mails de uma lista de discussão que você participa.

O problema do uso de filtro de palavras na sua Lista Branca é que às vezes ele pode separar e-mails que realmente são spams e jogá-los para sua caixa de entrada ou outra pasta de e-mails desejados.

Você recebe muito spam? E já conseguiu identificar algum ham? Deixe um comentário no campo disponível logo abaixo para sabermos sua experiência.

Ah… e não deixe de dar aquela passadinha no site da Hostec, estamos com uma super promoção para todos os planos de hospedagem de sites e e-mail profissional, faça um teste de 30 dias grátis.

Visite: https://www.hostec.site/ para saber mais informações.

2 Comentários. Deixe novo

Hello outstanding website! Does running a blog
similar to this require a great deal of work? I’ve very little understanding of programming however I was hoping to start
my own blog in the near future. Anyway, if you have any
ideas or techniques for new blog owners please share.
I know this is off subject however I just needed to ask. Kudos!

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Por favor insira um endereço de email válido.

Menu